Conheça 3 superalimentos para adicionar imediatamente à rotina alimentar



Cenoura, gengibre e cúrcuma são eficazes na prevenção de vários tipos doença, como Câncer e Alzheimer.

Você já ouviu falar em superalimentos? Essa expressão vem sendo bastante difundida pelos médicos para explicar quais são as frutas, verduras e especiarias carregadas de benefícios para a saúde.

Três deles são espetaculares: gengibre, cenoura e a cúrcuma.

Além de saborosos, todos possuem antioxidantes que combatem doenças e previnem o envelhecimento dos órgãos, melhorando a qualidade de vida.

Sem contar que também ajudam no tratamento de doenças como diabete e artrite.

Confira todas as vantagens:

Cenoura

Já reparou que cozidas ou cruas as cenouras estão na maioria dos pratos saudáveis brasileiros?

Isso porque os seus benefícios são múltiplos para a saúde.

A raiz é rica em vitaminas B6, C, K e, principalmente, em vitamina A, um elemento importante para a manutenção da qualidade da visão.

Quem se alimenta com cenoura com frequência diminui as chances de desenvolver cataratas e degeneração macular.

As cenouras também têm habilidades antioxidantes, prevenindo doenças cardiovasculares.

Os seus fitonutrientes (falcarinol e falcarindiol) são capazes de prevenir processos inflamatórios, diminuindo o risco de câncer.

Ótima para a digestão, a cenoura também previne úlceras e distúrbios digestivos.

Gengibre

Muito usado na gastronomia asiática, o gengibre é repleto de sabor e pode ser facilmente incorporado na rotina alimentar: sucos, chás, bolos, saladas, biscoitos e molhos.


Para a saúde, o gengibre diminui dores inflamatórias nas articulações e inchaços, ótimo para artrite.

Se você sofre com problemas digestivo, o gengibre será o seu melhor aliado: diminui náuseas, gases, cólicas e enjoos. Muito utilizado depois de quimioterapias.

Para quem tem diabetes, o gengibre também faz cair o nível de açúcar no sangue.

Para isso, faça uma solução com 2 gramas da raiz moída e dissolvida na água morna. Beba, diariamente, em jejum.

Segundo estudos feitos com mulheres de meia idade, pesquisadores descobriram que o gengibre é ótimo para memória, pois eleva a capacidade de atenção e processamento de informação.

Cúrcuma

A cúrcuma (ou açafrão-da-terra) é uma especiaria que sempre foi muito utilizada na medicina ayurvédica chinesa e na região leste da Índia.

Isso porque o tempero tem capacidades curativas, além de sabor inconfundível.

Segundo estudos, a cúrcuma guarda 150 benefícios terapêuticos distintos. As cápsulas feitas desse alimento têm potencial de reverter problemas cognitivos, como Alzheimer e demência.

Mulheres que passam pela pós-menopausa, atenção: ingerir suplementos de cúrcuma, juntamente com uma rotina de exercícios aeróbicos moderados, ajudarão a diminuir o risco de problemas cardiovascular.

Assim como o gengibre, a cúrcuma também é benéfica para dores nas articulações, aliviando os inchaços e a rigidez oriunda da artrite.

A cúrcuma contribui na saúde de pacientes no tratamento da AIDS: estudos revelam que o alimento ajuda a diminuir infecções e frear a multiplicação de células infectadas.

E se você conhece alguém com epilepsia, a especiaria promete diminuir as crises que acometem estes pacientes.

Gostou de conhecer os superalimentos? Mostre para os amigos como a comida natural pode ser poderosa!



Comentar

1 × 1 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.